Edir Macedo mais nove membros da Igreja Universal do Reino de Deus denunciados por lavagem de dinheiro

Sabem o que é mais ridículo neste episódio? É que a Empresa Universal do Bolso de Deus – como todo mundo com pelo menos dois neurônios funcionais sabe – desde sua fundação dedica-se somente a uma atividade: tomar dinheiro de otários. Faz isso respaldada por uma legislação ridícula que não distingue entre liberdade religiosa e descarada exploração da “fé popular” (leia-se ignorância e superstição populares). E ninguém jamais se mexeu. O que será que aconteceu realmente para que finalmente alguém esteja fazendo alguma coisa?

A venda da TV Record para o bispo Edir Macedo, que chefia a Igreja Universal do Reino de Deus, deve ser anulada, em decorrência de falsidade ideológica, utilização de recursos da igreja IURD) e outras ilegalidades? Se você tiver interesse em acompanhar a tramitação desse processo, acesse o site www.trf3.gov.br. Clicando o número da apelação do Ministério Público Federal, você verá que o processo 1999.03.99.075971-9, da relatoria da desembargadora Sallete Nascimento, foi autuado em 13/08/1999. Aguarda julgamento há exatos DEZ ANOS. (Jornal Dia Dia)

Quem é que não conhece o vídeo no Youtube com a reportagem do Jornal Nacional em que o “bispo” Edir Macedo ensina a cúpula da Igreja Universal do Reino de Deus como agir para tomar dinheiro de pessoas simplórias e crédulas? (Tem também uma versão mais curta só com a fala do Edir Macedo.)

Algumas pérolas representativas da seriedade espiritual da IURD extraídas da fala de seu fundador:

Quem dizer que dê, quem não quiser que se dane. Ou dá, ou desce.” (Edir Macedo)

“Quem embarcar nessa é abençoado, quem não embarcar fica.” (Edir Macedo e outro “bispo”.)

“Não pode ter vergonha, não pode ter timidez. Peça, peça, peça! Quem quiser dá, quem não quiser não dá. E se tiver alguém que não dê, tem um montão que vai dar. Tem que ser no peito e na raça.” (Edir Macedo)

Repetindo: isso tudo apareceu no Jornal Nacional e está disponível no Youtube. Não há nenhuma novidade. Essa novela se arrasta há mais de dez anos.

Aí eu pergunto:

1) Se tudo isso era conhecido há tanto tempo, por que só agora o Ministério Público está se mexendo? Será que precisava mesmo de mais de dois neurônios para perceber que havia alguma coisa errada com a IURD e que uma instituição que movimenta mais de um bilhão de reais por ano e não promove qualquer atividade assistencial de monta provavelmente está desviando esse dinheiro todo livre de impostos para propósitos não cobertos pelas isenções legais?

2) Até quando vamos manter uma legislação ridícula que garante isenção de impostos às religiões em um Estado laico? (O artigo 150, inciso VI, alínea (b) da CF veda à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios a instituição de impostos sobre templos de qualquer culto, salientando no parágrafo 4º do mesmo artigo que as vedações expressas no inciso VI, alíneas b e c, compreendem somente o patrimônio, a renda e os serviços, relacionados com as finalidades essenciais das entidades nelas mencionadas.)

3) Quanto tempo vai demorar para alguém começar a investigar se o crime organizado não está lavando dinheiro do tráfico de drogas através de “igrejas” que declarem como dízimo isento de impostos o dinheiro obtido com a venda de entorpecentes?

One thought on “Edir Macedo mais nove membros da Igreja Universal do Reino de Deus denunciados por lavagem de dinheiro

  1. Lilith Paradiso

    16/08/2009 — 23:47

    Ora,Arthur,se o Edir Macedo está errado o que dizer da igreja católica que tem um BANCO?
    Qual religião não pede?Dá quem quer.
    E se deu não pode pedir prestação de contas,rs.
    Não somos tão exigentes nem com o IR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *