Tudo que eu precisava saber eu aprendi no jardim de infância

O Pensar Não Dói anda meio pesado, eu tenho tratado muito de temas como violência, drogas, repressão policial, segurança pública, obtusidade, irracionalidade e outros deste naipe. Hoje decidi apresentar um texto clássico de maravilhosa delicadeza que convida a um retorno à simplicidade e às coisas belas da vida. Mas não se iluda: no final eu vou jogar uma bomba no seu colo. 🙂 Continue reading “Tudo que eu precisava saber eu aprendi no jardim de infância”

O fracasso da polícia “pacificadora” e o futuro da política anti-drogas

Tanques de guerra invadindo ruas da cidade. Ônibus e veículos particulares incendiados. Tiroteio contínuo apavorando e vitimando a população dia após dia. Inúmeros óbitos de “suspeitos”. Diversos focos de incêndio destruindo moradias de gente pobre. Arrastões em meio ao caos. E isso tudo é apenas o começo. Continue reading “O fracasso da polícia “pacificadora” e o futuro da política anti-drogas”

Carteira Nacional de Habilitação Eleitoral – CNHE

Recentemente eu postei um artigo sobre alguém que incendiou a própria casa tentando espantar uma perereca no qual afirmei que “as mesmas criaturas que ateiam fogo em suas casas para espantar pererecas decidem a minha vida e a sua vida, porque elegem os governantes deste país com os mesmos critérios e a mesma sagacidade com que espantam pererecas”. No debate surgiu uma pergunta cuja resposta merece um artigo específico: “o que você exatamente propõe pra decidir quem vota ou não”. Eis o artigo. 

urna-eletronica-mao Continue reading “Carteira Nacional de Habilitação Eleitoral – CNHE”

Desmascarando a repressão hipócrita da maconha

Alguém ainda acha a sério que o motivo pelo qual a maconha é proibida é porque ela faz mal à saúde? Ou porque haveria um suposto aumento no custo de financiamento do SUS? Ou porque maconha é coisa de vagabundo? Ou porque é “pecado” fumar maconha? Ou porque a legalização traria prejuízos ao país? Pfff… Continue reading “Desmascarando a repressão hipócrita da maconha”

Enquete: a maconha e o sexo

Informação versus desinformação, esta é a verdadeira batalha no terreno das drogas. Do lado da boa informação estão os ativistas pelos Direitos Humanos, os usuários conscientes, os profissionais responsáveis e os cientistas sérios que buscam descobrir e divulgar a verdade, do outro lado estão os corruptos, os indivíduos e organizações com interesses inconfessáveis, os irresponsáveis e os inocentes úteis. Esta enquete se dirige aos primeiros. Continue reading “Enquete: a maconha e o sexo”

No Planeta dos Macacos, mulher incendeia a própria casa para afugentar perereca

Tem gente que fica com a maior bronca por causa do sub-título deste blog. (O original, “Em busca de vida inteligente na Terra”.) Já levei bronca e fui acusado de cabotinismo, presunção e outras impropriedades similares. Meus leitores habituais já sabem que minha pena é ácida por inconformidade, não por prepotência, então resolvi reunir na categoria “Planeta dos Macacos” alguns exemplos aleatórios para esclarecer os leitores eventuais quanto aos motivos de minha inconformidade… Continue reading “No Planeta dos Macacos, mulher incendeia a própria casa para afugentar perereca”

Deve-se engolir sapos por amor?

Faz pouco (*) me perguntaram se por amor devemos engolir sapos. Eu disse que não: por amor devemos beijar sapos, pois o carinho, o diálogo e o companheirismo perante as dificuldades é que podem transformar os sapos que amamos em belos príncipes ou princesas. Nossos princípios e valores mais caros, todavia, precisam ser preservados, pois ninguém valoriza quem não se valoriza.

(*) Em setembro de 2007, quando eu escrevia em meu primeiro blog.

E não é que esta mesma pergunta me foi feita novamente hoje?

Minha resposta continua a mesma.

Arthur Golgo Lucas – arthur.bio.br – 10/11/2010

Revolução na educação: do atoleiro às estrelas em uma geração

Dizer que a educação no Brasil é “ineficiente” seria um elogio, dizer que é “ineficaz” seria um eufemismo. A educação no Brasil é uma completa vergonha. Vergonhosos são também os orçamentos, os métodos, os critérios, os objetivos e todos os discursos “politicamente corretos” sobre como “melhorar” a educação no Brasil. A educação no Brasil não tem que “melhorar”, tem que ser completamente remodelada do zero. Continue reading “Revolução na educação: do atoleiro às estrelas em uma geração”

Trate seu banco do mesmo modo que seu banco trata você

Na última sexta-feira lamentei profundamente não ter um bastão de baseball nem cabelo suficiente para fazer um moicano. Sorte dos gerentes de duas agências bancárias de dois bancos diferentes nos quais tenho conta-corrente. Ou melhor, tinha, porque desde ontem decidi não somente encerrar ambas as contas como ingressar em juízo contra pelo menos uma das duas instituições. Decidi pela tolerância zero em relação a qualquer mancadinha de qualquer empresa. Nada diferente do modo como eles sempre me trataram, diga-se de passagem.Vamos aos detalhes. Continue reading “Trate seu banco do mesmo modo que seu banco trata você”