Adicione

Pensar Não Dói no Facebook Pensar Não Dói no Twitter Pensar Não Dói no Orkut

Leia os artigos no e-mail:

Siga o blog

Receitas anti-úlcera

“É inútil esperar comportamento racional das pessoas com quem você trabalha, ou de qualquer outra pessoa. Se você conseguir aceitar tranqüilamente o fato de estar rodeado de idiotas, vai perceber que não adianta nada resistir, se sentirá mais aliviado reclinando-se na cadeira e dando uma boa risada à custa dos outros.” (Scott Adams, criador do Dilbert e do Dogbert)

Eu usei esta frase no meu perfil do Orkut durante alguns meses, mas acabei editando o perfil e tirando a frase de lá devido a reclamações de que eu estaria chamando as pessoas de idiotas.

Grande erro.

Idiota fui eu por não ter me reclinado na cadeira e dado uma boa risada lendo as reclamações de quem não conhece nem o autor da frase, nem o contexto em que foi escrita, nem as minhas intenções ao colocá-la no perfil.

A frase está de volta no meu perfil e vai ficar por lá.

E, de brinde, segue a receita anti-úlcera do Bule Voador:

“Se uma pessoa diz que não vê diferença alguma entre uma cultura em que vigora a regra “Primogênitos têm de ser sacrificados” e outra guiada pelo princípio “Primogênitos não têm de ser sacrificados; devem ser nutridos, cuidados e amados”, por que devemos levar tão a sério a opinião dessa pessoa, ao ponto de colocar em questão qualquer proposta de investigação científica dos valores humanos? Ora, meus amigos, há uma diferença lógica, uma diferença intuitiva e uma diferença na percepção consciente das noções de vida e morte, felicidade e sofrimento, que é demonstrável e mensurável, enquanto eventos observáveis no cérebro. Se alguém é incapaz de realizar qualquer uma dessas operações cognitivas, desculpem-me, mas a opinião dessa pessoa sobre o que a ciência pode ou não pode estudar não me parece merecedora de séria consideração.” (Camilo Gomes Jr., no Bule Voador)

Não conheço o autor do texto, mas sou obrigado a concordar integralmente com o que ele disse.

O grande problema é que tem muita gente que considera razoável esse tipo de pataquada dos relativistas culturais.

Felizmente, quando uma bobagem dessas é levada a sério, sempre resta a possibilidade de recorrer à receita anti-úlcera do Scott Adams.

Arthur Golgo Lucas – arthur.bio.br – 1°/03/2011

Leave a Reply

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>