Eu não ia ensinar como expulsar quem não está na comunidade, mas uma coisa que eu vi hoje me fez mudar de idéia. Trata-se de mais uma demonstração do quanto a Equipe Orkut tem prioridades distorcidas, pois, ao invés de trabalhar na solução dos inúmeros problemas de segurança e dos bugs como o que mostra as comunidades de que fomos expulsos no Novo Orkut, a Equipe Orkut só se preocupa com frescuras cosméticas para a tchurminha do oba-oba fazer festa. Resolvi dar um “empurrãozinho” pra ajudar a pressionar a Equipe Orkut a rever suas prioridades.

A razão do meu descontentamento

Vejam o tipo de coisa na qual a Equipe Orkut está trabalhando:

Uma nova opção que vocês vão gostar“:

“Gostei e uma nova forma de se expressar sobre o que seus amigos publicam no orkut.
Essa avaliação e feita por emoticons,  Você pode avaliar uma atualização, um scrap, uma foto, temas e muito mais.

Ao avaliar uma publicação sua expressão e listada abaixo da atualização.” (Luis Guilherme, moderador da comunidade oficial do Orkut, “Orkut Brasil“)

Caso não tenha ficado claro devido ao mau português dele, “Gostei” é o nome da ferramenta que ele está apresentando. Um usuário posta alguma coisa e os outros manifestam sua opinião clicando em algum emotícone. (Vou provisoriamente fazer de conta que isso não é copiado do “Curti” do Facebook só para não desviar o assunto do artigo.)

A seguir ele dá o seguinte exemplo:

Futilidades do Orkut - a gota dáguaOu seja, o Orkut não sabe contar desde que surgiu (os contadores vivem mostrando números errados), a segurança digital de todo o site é uma vergonha, os trolls deitam e rolam infernizando a vida dos bons usuários, o bug que mostra as comunidades de que fomos expulsos já fez aniversário e a Equipe Orkut só se preocupa em lançar selinhos e emotícones.

Ao invés de atender quem pede a correção de bugs e a implementação de ferramentas de moderação mais práticas, a Equipe Orkut prefere atender quem pede para pendurar milhares de “amigos” com quem não conversa e comunidades nas quais não participa nos seus perfis, além de colecionar “selos” pra mostrar como são fantásticos… (???)

A Equipe Orkut só se preocupa com futilidades e não com segurança e praticidade porque a maioria está interessada somente em futilidades.

Certo, então vamos jogar o jogo que a Equipe Orkut quer jogar: vamos divulgar esta informação técnica para que o maior número possível de usuários do Orkut a avalie. Talvez assim a maioria passe a pedir a solução do problema e ele seja resolvido antes de completar mais um aniversário.

Como expulsar alguém que não é membro de uma comunidade

O modo de fazer isso é o seguinte:

1) Clique no perfil de um membro qualquer de sua comunidade.

2) Substitua o UID do membro qualquer pelo UID do membro a expulsar.

3) Dê <enter>.

Pronto!

Você já pode expulsar o perfil de sua comunidade.

Você nunca imaginou que fosse tão fácil assim, né?

– Peraí, Arthur, que raios é “UID”?

UID é o número do perfil. Abra o seu próprio perfil e verifique o que aparece na barra de endereços do seu navegador.

O meu perfil no Orkut, por exemplo, é o seguinte:

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=7124542466518186813

Ou seja, o meu UID é 7124542466518186813.

Se você quiser me expulsar da sua comunidade, tudo que precisa fazer é entrar em sua comunidade, clicar em “membros”, clicar no botão de gerenciar de um perfil qualquer, substituir a UID dele pela minha na barra de endereços, dar <enter> e então você poderá me expulsar.

O problema é que, como eu só uso a versão antiga do Orkut, não vou nem ficar sabendo que fui expulso: as comunidades de que fomos expulsos só aparecem para quem usa o Novo Orkut.

Veja como fazer:

Cliquei no botão de gerenciar do perfil de um membro qualquer da antiga comunidade de Direitos Humanos e obtive o seguinte link:

http://www.orkut.com.br/Main#CommMemberManage?cmm=88331&uid=17581218254589063886

Então substituí o UID deste membro pelo meu:

http://www.orkut.com.br/Main#CommMemberManage?cmm=88331&uid=7124542466518186813

Dei <enter> e abri a página de gerenciamento de meu próprio perfil.

Se você fizer o mesmo em sua comunidade, pode me expulsar de lá mesmo que eu nunca tenha ingressado nela. Você pode me expulsar de comunidades feitas somente para este propósito, para testar a informação.

A mesma técnica pode ser usada para readmitir em sua comunidade um membro que tenha sido expulso e que não tenha postagens na comunidade ou que tenha tido todas as suas postagens deletadas.

Ou seja, o conhecimento em si é neutro, você é quem decide se vai utilizá-lo para o bem ou para o mal. Eu, por exemplo, resolvi utilizá-lo somente para o bem: não é uma ótima idéia divulgar este conhecimento para tornar a correção deste bug uma prioridade para a Equipe Orkut? 😉

ATENÇÃO:

Eu desaprovo a confusão entre brincadeira e abuso. Eu desaprovo o cometimento de crimes de calúnia, injúria e difamação. Eu desaprovo a criação de comunidades com teor racista, homofóbico, violento, preconceituoso ou de qualquer modo ilegal. Eu desaprovo o uso da informação aqui apresentada para qualquer propósito ilegal. Eu aconselho e oriento explicitamente que você mantenha seu comportamento rigorosamente dentro da lei.

Lembre-se que a responsabilidade pelo que você faz é toda sua. Não venha chorar no meu perfil ou no meu blog tentando me responsabilizar porque você usou o conhecimento aqui exposto para propósitos que eu desaprovo.

Arthur Golgo Lucas – arthur.bio.br – 08/03/2011

10 thoughts on “Como torrar o saco de quem usa o Novo Orkut (parte 2)

  1. Achei muito interessante tudo isso. Principalmente porque a equipe do Orkut parece não ver o próprio site num contexto maior do que o do entretenimento. Se fosse mais estável, com um layout opcional que priorizasse a troca de informações mais do que as fotos, se refizessem completamente o conceito de comunidades que eles têm e criassem outro onde a participação fosse mais interessante e clara, com opções onde os usuários pudessem formar grupos de discussão temporários ou não e pudessem convidar quem quisessem pra fazer parte, algo com histórico de conversas organizado em um ambiente ao mesmo tempo interessante visualmente e prático de usar, sei lá. Não sei exatamente onde eu quero chegar, pra ser sincero. Mas queria mais. Digo isso porque a única coisa que eu sei é que a maior rede de contatos que eu tinha era lá. Seria uma ferramenta exepcional para qualquer propósito. Mas como só serve realmente bem para entretenimento (talvez acreditem que só contemplem esse tipo de público) deletei o meu. Fico triste por saber que nunca mais vou formar aquela rede de contatos que eu tinha novamente, afinal rede social já não é novidade e só irão pipocar mais e mais daqui pra frente sendo difícil reencontrar todos num mesmo lugar. É uma pena que eles não vejam assim, que alguns usam mais pelos contatos que por essas funções bobas que também não são mais novidade e enjôam cada vez mais rápido. Queria poder dizer, e com isso me refiro que se eu dissesse eles ouvissem com interesse, que parassem de pensar no que eu quero fazer ali e me ajudassem a me comunicar melhor com quem eu quero. Só isso.

    1. Vine, a Equipe Orkut não leva o site a sério nem mesmo no contexto do entretenimento. Se o dono de uma comunidade deixa de acessar o Orkut, seja porque se desinteressou ou porque morreu, a comunidade morrerá junto com ele, não importa quantos membros tenha, porque o Orkut não deleta o perfil a pedido dos moderadores nem dos membros da comunidade, não importa quantos sejam os pedidos. Isso lá é atitude de quem se importa com a experiência do usuário?

      A comunidade de Direitos Humanos tem 37.000 membros. O dono da comunidade não acessa o perfil há mais três anos e meio. Eu, os outros moderadores e inúmeros membros pedimos para que eles deletassem esse perfil inativo e a única resposta que obtivemos foi “analisamos sua denúncia e não encontramos nada que ferisse os termos de uso”. Ora, bolas… quem fez “denúncia”? Nós apenas pedimos para liberarem a comunidade para poder ser gerenciada pelos moderadores e eles não deram a menor bola.

  2. Muitas coisas me incomodam,mas uma delas está no topo.
    Se o orkut deleta um perfil,toda a participação dele nas comunidades some,comprometendo o entendimento de vários tópicos.
    Droga,não dá para deletar o perfil sem deletar as postagens? Acho que dá.

    1. Claro que dá, mas eles usam a desculpa furadíssima de que não podem manter dados de alguém que não é mais usuário. É como se um jornal tivesse que deletar seus arquivos quando um jornalista morre…

  3. Olá! Cheguei aqui porque buscava um porque do novo Orkut manter comunidades dos quais fomos expulsos. E hoje apareceu uma que eu sai faz tempo.

    Tem como retirar essas comunidades do meu perfil?

    1. Há três maneiras:

      1) Voltando a usar o Orkut versão antiga. (Viável.)

      2) Entrando em contato com a moderação da comunidade e pedindo para reverter a expulsão. (Depende do caso, viável.)

      3) Pedindo para a Equipe Orkut consertar esse bug. (Senta ali, Cláudia.)

  4. Você não habilitou o Gravatar aqui no seu site?

    1. Habilitei. A minha imagem aparece pelo gravatar. Não digitaste errado o e-mail?

  5. Oi Arthur!
    Primeiro, Grata pelo retorno!
    Sobre a opção “2”, eu tinha pensado nisso. Já que dá certo, vou pedir aos donos para reverterem. Fico mais de 24h nelas, e depois sairei.
    Eu posto muitas fotos nas comunidades que participo de fato, e pelo Orkut antigo quase não tenho conseguido, dai entrava no novo postava a foto e em seguida voltava logo para o outro.
    Como me acostumei com o Facebook, então resolvi ficar mais tempo no novo. Mas esse lance de ficar as tais comunidades me irrita um pouco.
    E de fato digitei o email do meu perfil no Twitter e no Facebook. Ele é só uma dica que peguei de um outro blogueiro quando eu quis abrir um segundo perfil neles. Uma variação que no final chegam tudo nesse email que digitei nesse post. Mas depois acabei ficando só com esse segundo perfil nessas duas mídias: Praia Cinéfila.
    Parabéns pelo site!

    1. Eu não consigo me acostumar com o Facebook… Até queria, pois tenho vários amigos que só têm perfil lá, mas a falta de uma boa estrutura de fórum pra mim é mortal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *