Planeta estranho este aqui.

A espécie dominante possui dois sexos. Em um deles, as glândulas que servem para nutrir os filhotes são plenamente desenvolvidas. No outro, são atrofiadas. Curiosamente, o sexo que tem as glândulas atrofiadas pode exibi-las com naturalidade, enquanto o sexo que tem as glândulas normalmente desenvolvidas é obrigado a escondê-las.

E, vejam só, durante a nutrição dos filhotes, que é uma atividade essencial para sua sobrevivência, as tais glândulas precisam ser escondidas da visão do público, enquanto que durante o carnaval, que é uma atividade fútil, as mesmas glândulas são rotineiramente expostas para apreciação do mesmo público.

Ainda bem que eu sou um lunático.

Arthur Golgo Lucas – arthur.bio.br – 02/06/2011

4 thoughts on “Amamentação em público

  1. Citar o carnaval foi O ponto! Idéia maravilhosamente exposta. *sarcasmo on* Claro, vamos proibir a amamentação pública! É melhor ouvir milhões de crianças chorando de fome a vermos mães amamentando filhos com seus próprios seios. *sarcasmo off* É incrível o falso moralismo a que chegam as pessoas hoje em dia.
    Li seus posts e me surpreendeu muito o seu desenvolvido senso crítico, não concordei com todas as suas idéias, mas defenderia até a morte teu direito de dizê-las! Continue a se expressar como vem fazendo, sem medo das pedradas.

    1. Ty, obrigado pela visita, pelo comentário e pelo apoio. Fica tranqüilo quanto a discordar de minhas idéias, eu aprecio a divergência e o contraditório sempre que bem fundamentados. Só acho chato quando alguém posta algo do tipo “você é um imbecil por pensar assim” e não explica onde raios viu a suposta imbecilidade, sem perceber que, se eu pudesse adivinhar qual é a crítica, já a teria levado em consideração ao escrever o artigo… E o imbecil sou eu, claro. 🙂

  2. Não! você não é lunático! apenas foi amamentado! Há os que foram rejeitados, desmamados abruptamente, ou ficaram com alguma fixação que lhes exige tomar medidas drásticas ao verem alguém amamentando. No Carnaval, como sabemos, não há uma amamentação e sim uma “tetação”. O que é diferente!

    1. Chegamos, então, à conclusão de que querem proibir a amamentação em público por pura inveja? 🙂

Deixe uma resposta para Ty Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *