Verifique a página Wikipédia em inglês hoje (18/01/2012). Ela foi retirada do ar em protesto contra o SOPA – Stop Online Piratary Act (Lei Contra Pirataria Online) – uma legislação abusiva que ameaçará gravemente a liberdade de expressão e a troca de informações no mundo inteiro travestida de “combate à pirataria” para obter o apoio dos incautos e dos reacionários. O quão grave é esta proposta legislativa? Grave o suficiente para fazer o sexto site mais acessado do mundo parar suas atividades por 24 horas em protesto.


 

Pouco menos de uma hora antes de a Wikipédia em inglês sair do ar, eu fiz uma cópia completa do conteúdo da página sobre o SOPA, porque eu não teria tempo de ler o verbete inteiro e escrever um artigo a respeito neste tempo. Esta cópia pode ser visualizada clicando [aqui].É uma página muito extensa e com conteúdo 100% em inglês. (OBS: removi o link acima e a página para a qual ele apontava porque já estava obsoleta. Clique [aqui] para ver a página atual da Wikipédia em inglês sobre o assunto.)

Para ler uma versão resumida da questão, fornecida pela própria equipe da Wikipédia de língua inglesa, clique [aqui]. Este texto é suficiente para entender as linhas principais da questão. Também está 100% em inglês. (OBS: removi o link acima e a página para a qual ele apontava porque o evento já passou e a explicação resumida pode ser melhor conferida clicando [aqui] para ver a página da Wikiédia em português sobre o assunto.)

Infelizmente, no momento em que posto este artigo eu estou há 48 horas sem dormir e não tenho como fazer as devidas pesquisas para escrever um bom artigo informativo neste momento, mas o assunto é suficientemente grave para que eu faça pelo menos o alerta. Por favor, informe-se a respeito e faça a informação circular. Não espere por mim, pesquise e agite a blogosfera, o Twitter, o Facebook, o Orkut ou sua rede social favorita com esta informação.

A liberdade de expressão e de troca de idéias agradece.

Arthur Golgo Lucas – arthur.bio.br – 18/01/2012

25 thoughts on “O SOPA não é sopa

  1. Pois é…..o Alexandre sempre me informa sobre o que rola por aí.

    Aderi ao movimento,estou postando aqui porque é importante o eco,rs.

    Reverberar o que nos interessa,e depois o resto.

    Dizer NÃO a sopinha,seja qual for,é um ato de sobrevivência virtual.

    Precisamos de salada,arroz com feijão,mas sopão….nem pensar!

    O blog é teu,e só tu tens o direito de limpá-lo.

    A Internet é nossa e só nós podemos incluir ou excluir algo.

    Censura nunca mais !

    1. O fascismo está avançando, Lia. Muito rápido. E cada vez melhor disfarçado nas fases iniciais, o que o torna muito mais perigoso.

  2. Eduardo Marques

    18/01/2012 — 19:36

    Eles não tiraram completamente do ar. Tem uma extensão do firefox que consegue acessar. Vc pode ver que o site não redireciona para lugar nenhum.

    1. Eles explicam que desabilitando o Java dá pra ler o conteúdo. Fico imaginando quantos milhões de pessoas vão se perguntar “o que é Java?”, “como é que liga e desliga essa coisa?”. 🙂

  3. Excelente post, é bom ir avisando o pessoal sobre o que está acontecendo…Eii Arthur, só pra colocar lenha na fogueira, você viu que tiraram do ar o site ‘Megaupload’ e prenderam o fundador do site, acusado de facilitar a pirataria de filmes e outros conteúdos?
    Tá tenso o negócio…

    1. Não demora alguém vai lançar uma rede peer-to-peer com criptografia e distribuição pulverizada de pacotes com mascaramento sob outras aplicações, e aí pra impedir o compartilhamento só bloqueando a internet inteira.

    2. Rafael Holanda

      20/01/2012 — 04:06

      Pior. Prenderam o criador e mais três executivos na Nova Zelândia. Segundo o G1, o site era baseado em Hong Kong, mas, aparentemente, isso não importa. Se vc vive neste planeta, vc está sob o julgo da “Almighy” Constituição Estadunidense.

    3. Prender um cara na Nova Zelândia por causa de um site hospedado em Hong Kong com base na legislação comercial dos EUA é ótimo. Tenta processar o George W. Bush por crimes contra a humanidade (genocídio contra um milhão de civis iraquianos e tortura contra os detentos de Guantánamo) pra ver se alguma corte de justiça ao redor do mundo sequer recebe a solicitação para abrir o processo.

  4. Eu vi a página do Com Fél e Limão preta, em solidariedade ao protesto contra o Sopa e o Pipa (pelo menos as siglas são engraçadinhas). Tentei aderir no meu, mas não consegui fazer fununçar. vou ver se hoje consigo colocar a fita preta no cabeçalho.

    1. Depois eu vou deletar as duas páginas que coloquei no alto do blog sobre o SOPA e o PIPA, porque não faz muito sentido consumir minha banda estreita para ser redundante à Wikipédia, que tem uma das bandas mais largas do mundo! Mas acho legal o pessoal viralizar o combate ao SOPA e ao PIPA, porque vai sobrar pra gente também. O bom seria pressionar o governo brasileiro para se pronunciar a respeito, mas é mais fácil chover pingentes de ouro do que um político daqui peitar os EUA no que diz respeito a uma legislação interna deles. Só funcionaria mesmo um boicote comercial, mas isso o brasileiro é egoísta e desmiolado demais para fazer.

  5. Pior é que escrevi um texto opinando sobre todo o processo que levou ao SOPA e ao PIPA, mas já recebi pancadas de amigos escritores e músicos, falando que o simples fato de eu opinar a respeito devia ser proibido. Em suma, o SOPA e o PIPA não estão nas leis americanas, mas no próprio povo.

    http://ocalangoabstrato.blogspot.com/2012/01/opiniao-em-defesa-da-pirataria.html

    1. É o tal do negócio… eu discordo em um nível bem profundo deste teu posicionamento: “Sua obra surgiu do viver coletivo, uma vez que até mesmo sua individualidade é uma construção histórica e, portanto, coletiva.” – e por acaso por discordar disso eu deveria dizer que tu deves ser proibido de opinar a respeito, ou deletar o link que colocaste aqui para tentar ao máximo evitar que as pessoas “se contaminem” com a tua opinião? 😛

      Eu fico impressionado com esse pessoal que acha que divergir é crime e que se acha no direito de definir quem tem direito e quem não tem direito de produzir uma opinião fundamentada. (Acho que quem tem uma forte opinião sobre assuntos que desconhece e não admite fundamentá-la nem vê-la contrariada de modo bem fundamentado deveria ser jogado às piranhas com uma bola de ferro amarrada nos pés, mas isso é outra história.)

      Então, vamos lá dar o bom exemplo: pessoal, leiam o artigo do Félix acima linkado. Eu discordo do ponto de vista coletivista dele, mas justamente por ter a posição de que todo indivíduo tem o direito à livre expressão (desde que não viole a intimidade de terceiros, não cometa calúnia, injúria ou difamação, não apresente como verdadeiros fatos que sabe serem falsos e vice-versa e não requeira para si uma liberdade que nega ou pretende negar aos demais), não vejo problema algum em o Félix divulgar o texto dele aqui. Pelo contrário, acho que isso ainda vai gerar um bom debate filosófico. 🙂

    2. Hehe, valeu Arthur, mas o que quis afirmar é que existe uma cultura pré-pronta para o SOPA e o PIPA, e é nessa cultura que as leis vingarão.

  6. Depois de várias tentativas postei os IPs no facebook do Arthur, pq aqui fui bloqueada.

    1. Estranho… estes comentários não estavam na lixeira, não estavam na caixa de spam e não estavam na fila de moderação. Não sei o que aconteceu.

  7. Caro Arthur, era só apertar ESC antes da tela de bloqueio aparecer.

    Teria acesso a todo o site normalmente.

    Até que engenheiros servem para algo, de vez em quando. 🙂

    1. Obrigado pela dica, Attila!

      .
      .
      .

      Mas, pessoal…

      Não é uma coincidência hilariante que o monstrinho do cara que acabou de ensinar a burlar o bloqueio do site da Wikipédia devido ao protesto contra a lei anti-pirataria seja um monstrinho mascarado?! 😀

    1. “It is clear that we need to revisit the approach on how best to address the problem of foreign thieves that steal and sell American inventions and products.”

      Está bem claro pelos termos usados que eles se consideram santos inocentes sendo despojados de seus direitos por ladrões malvados e sem caráter que devem ser combatidos a todo custo.

      Reduzir preços e lucros, ampliar o acesso aos “produtos intelectuais” e agir com mais decência e solidariedade são conceitos que não estão sequer na pauta de discussões dos Estados Unidos da América.

  8. O povo americano está armazenando comida,água e armas.

    1. Tomara que não comecem a comprar veleiros antes de mim, para não inflacionar esse mercado.

    1. A velocidade da minha internet acaba de ser reduzida… Ô porcaria de plano caro e insuficiente! Esse aí infelizmente não vou poder assistir, questão de prioridades.

  9. Amazing! Its genuinely amazig piece of writing, I have
    got much clear iidea concerning from this post.

    Alsso visit mmy web-site – make certain

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *