Sua Imbecilidade, o Dalai Anta – Oceano de Estupidez

O Dalai Lama se declarou marxista. Se eu tinha alguma dúvida sobre a iluminação do Dalai Lama, agora não tenho mais: ele não passa de um palerma com a mente nublada pelas trevas. Ou talvez um farsante que tem enganado milhões de pessoas com um discurso no qual não acredita, mas que lhe traz prestígio e sustentação financeira. É difícil saber qual das duas opções é a verdadeira, mas uma certeza eu tenho: ninguém iluminado se diz marxista, porque o marxismo é uma das piores encarnações das trevas que já pisaram neste planeta.  Continue reading “Sua Imbecilidade, o Dalai Anta – Oceano de Estupidez”

Uma pergunta ao Chef

O artigo de hoje não foi escrito por mim. Trata-se da transcrição de uma pergunta e uma resposta que foram publicadas no Orkut, numa comunidade pública, entre meus amigos Roberto, que abriu o tópico com o título igual ao deste artigo, e Amelio, que é o Chef em questão e vive em Londres. O texto se refere ao momento político vivido no Brasil, em comparação com o que acontece na Inglaterra. Ignorem a falta de acentos no texto do Chef, porque o teclado dele não está configurado para a língua portuguesa.   Continue reading “Uma pergunta ao Chef”

Eu quero uma revolução! Quem vem comigo?

Eu quero construir um país em que o pior dos políticos tenha no mínimo a envergadura moral de um Mahatma Gandhi. Eu quero construir um país em que a ética e a boa vontade sejam a regra e a transgressão e o descaso sejam a espantosa exceção. Eu quero construir um país que o mundo inteiro admire e procure imitar devido ao altíssimo bem estar e insuperável qualidade de vida de seu povo. Eu quero construir um país que exporte cérebros não porque aqui eles não são valorizados, mas porque o mundo inteiro pede nossa ajuda para atingir o que aqui se tornou corriqueiro. Eu quero construir um país onde é maravilhoso viver. Quem quer construir este país comigo? 

Continue reading “Eu quero uma revolução! Quem vem comigo?”

O sapo, o escorpião e os protestos – ou: em quem votarão os manifestantes?

Coerência. Se eu tivesse que contribuir com uma só palavra para o momento histórico pelo qual o país está passando, esta palavra seria coerência. Ou isso, ou o movimento que hoje vemos nas ruas vai dar em nada. Explico. 

escorpiao-proibido-350

Continue reading “O sapo, o escorpião e os protestos – ou: em quem votarão os manifestantes?”

“Educação” significa “engenharia cerebral”

Quem educa ou faz engenharia cerebral, ou faz nada. Ou você assume que sua função como educador é modificar o desenvolvimento do cérebro de alguém e faz isso visando um objetivo específico, de modo planejado e eficaz, ou você parte da premissa errada e produz um resultado qualquer por puro acaso. “Facilitador de aprendizagem” é um vomitador de verborragia nonsense; o bom educador é um engenheiro de cérebros. 

Continue reading ““Educação” significa “engenharia cerebral””

Libro “Eduku Geniulon!” de László Polgár treege bezonata

Esperantistoj, bonvolu helpi min trovi la libron “Eduku Geniulon!” de László Polgár! Jam de 2007 mi senrezulte serĉas ĝin por studi lian metodon kaj analizi la eblecon estigi lernejon bazita sur ĝia metodo, eble kun Esperanto en grava rolo. Egale senrezulte mi serĉis la anglan tradukon, “Bring up a Genius!”.  Continue reading “Libro “Eduku Geniulon!” de László Polgár treege bezonata”

O modo mais simples para baixar vídeos do Youtube

Não é necessário instalar nada. Siga estas instruções: 

1. Vá até a página do vídeo que você quer baixar. Por exemplo, http://www.youtube.com/watch?v=FTiRrlgbYIM 

2. Edite a URL do vídeo acrescentando “10” ao nome do youtube, assim: http://www.10youtube.com/watch?v=FTiRrlgbYIM e vá para essa página. 

3. Escolha o formato e a qualidade do download (eu uso sempre formato MP4 e qualidade medium, com Fmt 18) e clique no botão verde de download correspondente. 

Pronto. Após o download, abra o arquivo com seu player favorito.