Bota um estande flutuante de tiro de arpão pra molecada pouco depois da rebentação. 

Alvos inanimados com formato de monstro alienígena, político brasileiro, tonel de lixo tóxico e comida de fast-food ganham pontos. Alvos em formato de tubarão, golfinho, tartaruga e surfista perdem pontos.

A algazarra vai manter os tubarões longe e gerar renda ao mesmo tempo. E, se mesmo assim pintar um tubarão metido a besta, ele já leva uma arpoada e acaba servido em postas, grelhado ou fritinho à milanesa com limão.

Problema resolvido. Próximo. 🙂 

8 thoughts on “Como evitar ataques de tubarão

  1. Os indefesistas não vão gostar das tuas sugestões, Arthur.

    1. Tou combatendo fogo com fogo. A primeira coisa que alguem de esquerda faz é usar um neologismo depreciativo, reaça, burguês, mascu, e usa-lo contra qualquer adversário. Mas se aplica bem a todo movimento ou grupo que procura instilar no Homem Comum o sentimento de que este não pode e não deve assumir a responsabilidade por sua defesa e em última análise por sua vida em nível social.

      “Confie em nos, nos cuidaremos de você/de tudo!)”.

    2. Ótima idéia cunhar vocábulos deste tipo também. Mas acho que “indefesistas” vai esbarrar na estupidez. Do jeito que o Orkut nos ensinou que é a compreensão de textos e o conhecimento ortográfico da maioria da população, há uma imensa chance de muita gente dizer “claro que eu luto indefesa da paz”… Querendo dizer em defesa

      Eu gosto do termo “coitadista”. É curto, claro, duro… E muito adequado para mexer com os brios de quem é defendido por ser considerado um coitado pelos coitadistas. Tipo: “não somos incapazes para sermos tratados como coitados”. Mas eu não represento o entendimento médio, bem sei…

  2. Gostei da criatividade heaueaheauh….E já que você pediu um próximo problema para resolver: Como debater com pessoas altamente preconceituosas? =/ Sei que você condena tanto o feminismo como o machismo, gostaria de algumas dicas aqui, vários de meus amigos estão formando suas opiniões nesse site abaixo altamente machista.

    http://metendoareal.net/2013/06/24/tenha-orgulho-de-ser-machista-por-richard-fitzpatrick/

    Se não for permitido postar links aqui, peço desculpas e peço que delete o link.

    1. Tranqüilo postar links. Eu só deleto os links encurtados de gente que eu nunca vi.

      Mas esse papo de “curtir ser machista” e principalmente essa cambada de trolls inúteis “metendo a real” é pura idiotice.

      PRA QUE debater com pessoas altamente preconceituosas? Quando eu percebi que isso era bobagem, abri um blog. Resultado: apareceu um monte de gente legal para bater papo, fiz algumas amizades incríveis e me animei a lançar um movimento político para reunir mais gente do mesmo nível.

      Pra que eu iria perder tempo conversando com feministas e machistas? 😛

  3. Ta aí mais um ótimo conselho, vlw Arthur 🙂 Percebi mesmo que debater com alguém que não está nem um pouco disposto à mudar de opinião, mesmo que demonstrada logicamente, é estupidez da minha parte. Só que chega a me dar medo os absurdos que eu vejo nesses sites, e temo quantas pessoas podem ser influenciadas a pensar muito mal do sexo oposto( inclusive alguns dos meus amigos) e aí consequentemente, com essa visão sexista, acabam tendo relacionamentos destrutivos.
    Mas ok, desculpe desviar tanto o foco do tópico heauehauheauhea

    1. Preconceituosos são uma espécie de tubarão. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *