O porco voador migratório representa um problema grave de segurança pública no Brasil. É um animal que vive em bandos e realiza um vôo migratório anual sobre regiões densamente povoadas de vários estados brasileiros. Ele tem o hábito de pousar em grande número em telhados molhados, onde acasala ruidosamente. Milhares de casos de desabamento de telhados tem sido registrados anualmente, com queda de porcos acasalando sobre os moradores em noites de chuva, gerando grandes prejuízos, centenas ou até milhares de desabrigados e dezenas de vítimas fatais todos os anos. Mesmo assim os brasileiros não costumam reforçar seus telhados para resistir ao pouso e acasalamento dos porcos voadores. 

porco alado

Agora troque a migração anual dos porcos voadores pelos vendavais e chuvaradas que acontecem todos os anos e me diga se é algo inteligente que os brasileiros saibam que isso se repete todos os anos, vejam nos telejornais milhares de pessoas perdendo tudo o que possuem todos os anos e mesmo assim continuem construindo casas com telhados ridiculamente incapazes de resistir a estes eventos meteorológicos altamente previsíveis. 

Arthur Golgo Lucas – www.arthur.bio.br – 22/12/2014 

4 thoughts on “Seu telhado está preparado contra porcos voadores migratórios?

  1. Rafael Holanda

    24/12/2014 — 01:24

    Me lembra do triste problema do asfalto daqui de Porto Velho. Eu simplesmente não consigo conceber como a prefeitura daqui gasta dinheiro em “operações tapa-buraco” (poderia se chamar também de operações enxuga-gelo) com um asfalto casca-de-ovo que sai todo quando chega a época de chuvas. E veja você que coisa, essa época acontece TODO ANO e NO MESMO PERÍODO. Mas não precisamos nos preocupar, afinal esse período só dura uns seis meses…

    1. No Rio Grande do Sul há partes de algumas cidades que inundam todos os anos. A prefeitura já tem contrato com o time de futebol local para abrigar no estádio dele a população desalojada na época das chuvas e cheias. Já se sabe em que época os ônibus vão parar de circular e em que datas será necessário acionar a defesa civil. Mas remover a população que vive dentro do leito inundável do rio para um local mais seguro, isso ninguém faz.

  2. Conserto definitivos dão prejuízo! Telhados resistentes aos porcos e asfaltos que nunca racham são uma pedra no sapato dos superfaturadores das tarefas públicas licitadas sem o objetivo real de solução na terra dos propinatos. Quem quer resolver problemas quando é COM eles que há lucro?

    1. Pois é. E este é o pensamento dominante na nossa política. O último governo que se preocupou de fato com a solução dos problemas do país, é terrível ter que constatar e admitir, foi o dos milicos. Se eles não tivessem permitido violações de Direitos Humanos e tivessem preparado o povo para a democracia através de uma intensa educação iluminista, ninguém poderia dizer um “ai” contra eles. Mas aí já estou divagando…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *