A expressão Social Justice Warriors é comum em língua inglesa para descrever um certo tipo de ativista político que diz que defende a dignidade dos pobres e das minorias, quando na verdade só querem ferrar com algum grupo que elegeram como inimigo conveniente para sua luta por dinheiro e poder. Que resultados eles obtém? Normalmente quem eles acabam ferrando mesmo são justamente as pessoas que eles supostamente defendem. 

Uma grande cadeia de supermercados gaúcha costumava doar para seus funcionários e para entidades assistenciais os alimentos que estavam vencendo naquele dia.

Um belo dia, alguém teve uma diarréia depois de ter comido um destes alimentos doados.

Esta pessoa, convencida por nobres defensores da dignidade dos fracos e oprimidos pelo capitalismo malvado, processou o supermercado exigindo uma indenização por danos morais e materiais. E ganhou.

Hoje o supermercado inutiliza todos os alimentos vencidos com água sanitária e os encaminha direto ao aterro sanitário.

É proibido aos funcionários e aos gerentes doar até mesmo os alimentos que vão vencer no dia seguinte e é motivo para demissão por justa causa se um funcionário pegar para si alimentos que iriam para o lixo.

Guerreiros da Justiça Social. Gente que ajudaria muito mais os pobres e as minorias se ficasse o dia inteiro em casa, trancada no banheiro, sentada no trono, fazendo aquilo que normalmente faz na política, na economia e na cultura. 

Arthur Golgo Lucas – www.arthur.bio.br – 02/06/2016 

One thought on “Os Guerreiros da Justiça Social

  1. Joaquim Salles

    06/06/2016 — 21:25

    Já vi algo semelhante acontecer com uma pizzaria aqui em Sampa. Era terminantemente doar pizza próximo ao vencimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *