Extremistas

Recebi a notícia pelo Facebook: “Justiça de SP culpa vítima de bala de borracha pela perda do próprio olho”. Já sei como a maioria das pessoas se posiciona nesses casos. 

Extremistas

De um lado ficam os extremistas que dizem que, se um seqüestrador com uma pistola apontada para a cabeça de uma vítima inocente for alvejado por um sniper da polícia, o Estado cometeu um crime. 

Do outro lado ficam os extremistas que dizem que, se um jornalista foi alvo de uma bala de borracha e perdeu a visão devido à imprudência da polícia em usar esse tipo de projétil contra multidões, a culpa de ser atingido é da vítima. 

Estou cansado de extremistas, seus simplismos e sua intolerância. 

Extremista tem que ser crucificado de cabeça para baixo em cima de um formigueiro, amarrado com arame farpado cheio de urtiga e ser chicoteado até se engasgar com o próprio sangue. 

Arthur Golgo Lucas – arthur.bio.br – 06/09/2014 

Sim, as mulheres devem aprender a se comportar para não serem estupradas

Recebi o compartilhamento de uma suposta pesquisa do IPEA em que supostamente 65,1% dos brasileiros concordam que mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas e que 58,5% dos brasileiros concordam que se as mulheres soubessem como se comportar haveria menos estupros. Há uma mentira e uma verdade analisada de modo distorcido misturadas nisso. 

“Eu sou dona do meu próprio corpo e tenho o direito de me vestir e de me comportar como eu bem entender sem que ninguém me toque ou me critique.”

Continue reading “Sim, as mulheres devem aprender a se comportar para não serem estupradas”

O prêmio dos sem-noção

Sabem aquelas pessoas que acham que, porque não estão cometendo um crime nem fazendo nada ilegal, pensam que podem fazer qualquer coisa sem levar em consideração o que os outros vão sentir ou pensar? Pois é, a vida costuma ensinar do pior jeito aos sem-noção que ter direito não implica necessariamente ter razão, muito menos estar seguro.  Continue reading “O prêmio dos sem-noção”

O Nobre Caminho Décuplo do Dalai Lama

Como era óbvio que aconteceria, tem gente me crucificando por aí porque eu ofendi o Dalai Lama quando descobri que ele se declarou marxista. Reconheço que fui desnecessariamente grosseiro na forma de fazer a crítica, o que só aconteceu porque a notícia me enfureceu muito além do que qualquer um pode imaginar, mas não mudo uma vírgula do conteúdo da minha crítica. E trago algumas citações históricas para lançar luz sobre a questão. 

Dalai Lama e Karl Marx - tudo a ver

Continue reading “O Nobre Caminho Décuplo do Dalai Lama”

Sua Imbecilidade, o Dalai Anta – Oceano de Estupidez

O Dalai Lama se declarou marxista. Se eu tinha alguma dúvida sobre a iluminação do Dalai Lama, agora não tenho mais: ele não passa de um palerma com a mente nublada pelas trevas. Ou talvez um farsante que tem enganado milhões de pessoas com um discurso no qual não acredita, mas que lhe traz prestígio e sustentação financeira. É difícil saber qual das duas opções é a verdadeira, mas uma certeza eu tenho: ninguém iluminado se diz marxista, porque o marxismo é uma das piores encarnações das trevas que já pisaram neste planeta.  Continue reading “Sua Imbecilidade, o Dalai Anta – Oceano de Estupidez”

Você confia nas estatísticas de avanço social no Brasil?

A propaganda oficial é de que “o Brasil é um país cada vez mais de classe média”. Em defesa desta tese, o governo do PT e seus apoiadores citam estatísticas de que mostram que a classe média aumentou e a pobreza diminuiu. Mas vou mostrar aqui como é que se faz para mentir com estatísticas. Continue reading “Você confia nas estatísticas de avanço social no Brasil?”

As grandes falácias da esquerda brasileira

Postei este artigo só para fazer propaganda de um artigo imperdível do Félix Maranganha. Leiam direto no Calango Abstrato: A grande falácia da esquerda brasileira. Começa com uma aparência meio densa, mas é um texto muito esclarecedor. 

Atualização em 04/04/2014

Reli o texto e hoje discordo de pontos da lógica apresentada. Não no que diz respeito às críticas contra a esquerda, mas no que diz respeito a alguns aspectos da lógica apresentada.